Sites Parceiros

TOTAL DE ACESSOS

© 2020 - Portal Formosa - O Portal do Sertão Baiano - Site criado por Jucélio Rodrigues

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram ícone social

(75) 99829-5548

Buscar

Ladrões invadem frigorífico para roubar “pedra da vesícula” de boi



Dois suspeitos de integrar uma associação criminosa envolvida no roubo de um frigorífico em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, foram presos pela Polícia Civil na quarta-feira (8).

Segundo a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG), o assalto foi planejado por um funcionário do frigorífico. Eles tinham o objetivo de roubar o pagamento do mês e a valiosa ‘pedra da vesícula do boi’, avaliada em mais de R$ 200 o grama.

Os suspeitos foram identificados pela equipe da Derf-VG como envolvidos no roubo do frigorífico, ocorrido na noite de segunda-feira (6), no bairro Souza Lima em Várzea Grande.

Na ocasião, cinco homens armados invadiram o estabelecimento e após renderem os funcionários, subtraíram diversos objetos da empresa e das vítimas.

As pedras são valiosas porque têm grandes quantidades de proteínas, sódio e sais minerais. É usada como remédio na Ásia e extremamente valorizada no Oriente Médio.

O funcionário da empresa e o comparsa foram autuados em flagrante pelos crimes de roubo majorado pelo concurso de pessoas e pelo emprego de arma de fogo e associação criminosa armada.

Um terceiro suspeito também foi identificado e está foragido.

Investigação

Assim que foram acionados do roubo, os policiais conseguiram identificar os autores do crime. Segundo as investigações, um, por ser funcionário da empresa, tinha informações privilegiadas sobre a rotina, funcionamento e segurança do local.

De acordo com a delegada, os funcionários localizaram em um dos cortes a chamada ‘pedra da vesícula do boi’, a qual o preço de mercado é avaliado em aproximadamente R$ 200 o grama. o empregado, por atuar no abate do gado, tinha essa informação.

Durante a ação, os criminosos foram extremamente violentos, agindo com ameaças e chegando a agredir as vítimas com coronhadas na cabeça.

Acreditando que o bem valioso ainda estava no local, ao entrarem no estabelecimento, os assaltantes exigiram o cofre e a pedra, demonstrando que tinham conhecimento do que acontecia na empresa.

Segundo a delegada, além do pagamento, os criminosos queriam roubar a pedra que foi encontrada naquele dia. A pedra do calculo biliar bovino, tem o valor econômico altíssimo, sendo usada na fabricação de medicamentos e muito valorizada no oriente médio.

Na manhã seguinte, o empregado faltou ao trabalho, fato que levantou suspeitas, uma vez que o suspeito não compareceu nem mesmo para receber o pagamento.

Dando continuidade as diligências, os investigadores foram até a casa do suspeito, que tentou fugir ao perceber a presença dos policiais, porém, acabou detido.

Em análise no aparelho celular do investigado, foi verificado que ele apagou todas as conversas por mensagens, no entanto, havia uma chamada de vídeo para um colega.

Com a informação de que o contato estava em uma residência em Cuiabá, os policiais foram até o endereço, onde realizaram a prisão.

Portal Formosa - Fonte: Portaldenoticias.net


WhatsApp Image 2019-10-30 at 10.06.31 (1
Ótica_União_-_Portal_Formosa_-_Banner_La
IMG-20191109-WA0062.jpg
js telecom logo1.jpg