Com carreata pela cidade, humorista Jotinha é enterrado; Prefeitura decreta luto



O humorista José Luiz Almeida da Silva, mais conhecido como Jotinha, foi enterrado na manhã desta sexta-feira (6), em Elísio Medrado, cidade onde nasceu e que fica a cerca de 160 km de Salvador.

Jotinha morreu após falência múltipla de órgãos em consequência do novo coronavírus.

A prefeitura da cidade decretou luto de três dias. Amigos do humorista e moradores de Elísio Medrado fizeram uma carreata, e outros seguiram com motos da funerária até o cemitério da cidade.

Os familiares de Jotinha não puderam participar do enterro, pois estão sendo monitorados e vão passar por teste da Covid-19, já que tiveram contato com o humorista que teve resultado positivo para a doença.

Por onde a carreada passou, os moradores aplaudiam. A homenagem foi organizada por Miguel Alves, amigo de Jotinha e empresário na cidade.

“Foi tudo muito rápido, mas foi digno. Eu tenho um carro de som na cidade, sou locutor também e fizemos essa homenagem para ele, que era um querido entre nós. Jotinha falava dessa cidade com orgulho. Qualquer lugar que ele estivesse em entrevista, mandava beijo para o povo de Elísio Medrado”, conta Miguel.

Emocionado, Miguel relembrou o início da carreira de Jotinha e reforça o quanto o humorista era amado pelos moradores da sua cidade natal.

“Ele tinha uma paixão pela locução. No início da vida [artística] dele, ele tinha um quadriciclo pequenininho e uma caixinha de som que ele ganhou. Ele fazia propaganda por Elísio Medrado e não ganhava nada, ele fazia por amor. O comércio as vezes dava R$ 5, R$ 10 para ajudar na gasolina. Isso antes da fama”, relembra.

Miguel conheceu Jotinha quando os dois começaram a trabalhar juntos, com locução.

“Quando surgiu o whatsapp, um colega nosso colocou ele em um grupo e outro colega nosso comparou ele com um pintinho [ave], na resenha mesmo, sem maldade. Aí ele estava no grupo, não gostou e enviou um áudio, o áudio repercutiu na cidade e no país. Ele conseguiu alegrar inúmeras famílias, pessoas no Brasil inteiro”, diz Miguel.

José Luiz Almeida Silva morava em Elísio Medrado, próximo a Amargosa, no recôncavo baiano. Ele tinha mais de 1 milhão de seguidores somente no Instagram e ganhou projeção na internet por causa do tom de voz, o jeito debochado de comentar sobre futebol e a maneira bem humorada de “cornetar” os amigos nos grupos de Whatsapp.


Repercussão

Autoridades, famosos e amigos lamentaram, através das redes sociais, a morte de Jotinha. Veja:


Rui Costa, governador

“Com tristeza, recebi a notícia do falecimento do nosso querido Jotinha, mais uma vítima da #covid19 na #Bahia. Sua alegria ficará sempre marcada, em especial para os torcedores do @ecbahia. Meus sentimentos aos seus familiares e amigos”, comentou Rui.


ACM Neto, prefeito

“Estou muito sentido com a notícia do falecimento de Jotinha. Era um grande humorista, carismático e dono dos melhores áudios do whatsapp. Em 2018 e 2019, fez trabalhos mt bacanas para a Prefeitura, divulgando o Natal de Salvador p/ todo Brasil. Meus sentimentos à família e aos fãs”, disse o prefeito.



PF | Fonte: Calila Notícias

1.jpg
Ótica_União_-_Portal_Formosa_-_Banner_La

PRECISA DIVULGAR ALGO? 

ANUNCIE NO PORTAL FORMOSA

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram ícone social

(75) 99850-9821

© 2020 - Portal Formosa - O Portal do Sertão Baiano - Site criado por Jucélio Rodrigues

TOTAL DE ACESSOS