Coronavírus pode sobreviver por até 28 dias em celular e dinheiro, diz estudo


A agência científica nacional da Austrália (CSIRO) divulgou um estudo no qual aponta que o coronavírus pode sobreviver em notas de dinheiro, telas de celulares e no aço inoxidável por até 28 dias. O estudo foi publicado na revista científica “Virology Journal”.


Segundo os pesquisadores, em um ambiente controlado do laboratório a 20 graus Celsius, o vírus pode permanecer infeccioso em superfícies lisas como cartões plásticos e vidros de telas de celulares.


Outros experimentos foram realizados a 30 e 40 graus Celsius, com tempos de sobrevivência diminuindo com o aumento da temperatura. Os experimentos foram realizados no escuro, já que a luz ultravioleta demonstrou matar o vírus.


PF | Fonte: Metro1

1.jpg
Ótica_União_-_Portal_Formosa_-_Banner_La

PRECISA DIVULGAR ALGO? 

ANUNCIE NO PORTAL FORMOSA

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram ícone social

(75) 99850-9821

© 2020 - Portal Formosa - O Portal do Sertão Baiano - Site criado por Jucélio Rodrigues

TOTAL DE ACESSOS