Mais de 300 pessoas morrem por ingestão de metanol no Irã; receita prometia ‘curar’ coronavírus


A ingestão de metanol, uma substância tóxica e inflamável, utilizada como solvente industrial, já matou cerca de 300 pessoas e deixou mais de mil doentes no Irã. O uso da substância foi sugerido por uma fake news – notícia falsa – como forma de proteção e cura do coronavírus. 

Conforme publicado pelo portal Metrópoles, umas das vítimas mais jovens foi um garoto de cinco anos, obrigado pelos pais a ingerir o líquido. Ele perdeu a visão e segue internado.

O Irã já registrou 2.398 mortes em decorrência da pandemia do coronavírus e possui mais de 32 mil casos da doença. 


Portal Formosa - Fonte: Voz da Bahia

1.jpg
Ótica_União_-_Portal_Formosa_-_Banner_La

PRECISA DIVULGAR ALGO? 

ANUNCIE NO PORTAL FORMOSA

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram ícone social

(75) 99850-9821

© 2020 - Portal Formosa - O Portal do Sertão Baiano - Site criado por Jucélio Rodrigues

TOTAL DE ACESSOS